Este é um forum cheio de variedade, onde podes encontrar música, filmes, séries, notícias, tudo aquilo que está na actualidade.
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Procuram-se Moderadores! Regista-te e Candidata-te à Moderação de uma Secção!

Compartilhe | 
 

 Ninguém pára voo do título

Ir em baixo 
AutorMensagem
TaniaDaniela
Admin
avatar

Mensagens : 370
Data de inscrição : 06/04/2010
Idade : 25

MensagemAssunto: Ninguém pára voo do título   Seg 19 Abr 2010 - 16:04

Ninguém pára voo do título


Nono triunfo seguido na Liga deixa águias a quatro pontos da festa



O Benfica continuou a caminhada imparável rumo à conquista do título nacional, graças a uma vitória difícil no estádio da Académica (3-2). Tal como na Figueira da Foz, Weldon foi o herói das águias, com mais dois golos preciosos. Os "estudantes" deram luta até ao fim.

Dizer que o Benfica conseguiu mais uma importante vitória como visitante nas contas do campeonato é uma obrigação factual. Mais uma vez, a equipa de Jorge Jesus contou com o habitual "factor-fora" para somar três pontos, tal o apoio que recebeu dos milhares de adeptos presentes em Coimbra. No relvado, as águias entraram praticamente a ganhar - Weldon confirmou o estatuto de goleador deste final de época logo aos três minutos -, mas só puderam respirar de alívio com o apito final, já que a Académica procurou o empate até ao último momento.

A equipa de André Villas-Boas respondeu bem ao revés inicial e viu premiada a qualidade de jogo que apresentou, sobretudo na primeira parte, com o golo do empate a um, conseguido à custa de um disparo do médio Diogo Gomes. O Benfica sentiu o perigo e reassumiu rapidamente as rédeas do jogo, chegando a nova vantagem antes do descanso. O protagonista voltou a ser Weldon, que concluiu com uma eficácia notável (dois golos em três remates) uma excelente jogada de Di María.

A Académica manteve-se no jogo na segunda parte, embora Villas-Boas não tenha sido feliz na substituição que fez ao intervalo, pois Vouho nunca fez esquecer João Ribeiro no lado esquerdo. Sem Cardozo ao nível habitual, devido a evidentes problemas físicos, o Benfica controlou sempre bem a vantagem, uma espécie de imagem de marca dos lisboetas durante a época, e foi espreitando o ataque para resolver de vez a partida. Carlos Martins ficou a milímetros do golo, num remate ao poste, mas o 3-1 não demorou a aparecer, novamente numa iniciativa de Di María, que Rúben Amorim finalizou de forma certeira. Sem vitórias em casa sobre o Benfica desde 1974, a Briosa ainda sonhou com a igualdade, quando Tiero reduziu para a diferença mínima, mas era demasiado tarde para travar a festa benfiquista. O título está à distância de quatro pontos...

Fonte: JN
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ninguém pára voo do título
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A estes ninguém tira nada - FW: Ajuda a Perceber Algumas Coisas
» [Capítulo 1] Adventure's Dawn!
» Capítulo 1 - Uma Razão Para Lutar
» Capítulo 02 - O Depravado vs Nyender City
» Capítulo 05 - Passatempo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TuGaLânDia :: Notícias :: Notícias de Desporto-
Ir para: