Este é um forum cheio de variedade, onde podes encontrar música, filmes, séries, notícias, tudo aquilo que está na actualidade.
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Procuram-se Moderadores! Regista-te e Candidata-te à Moderação de uma Secção!

Compartilhe | 
 

 Análise TeK: Na companhia do iPod shuffle

Ir em baixo 
AutorMensagem




Data de inscrição : 01/01/1970

MensagemAssunto: Análise TeK: Na companhia do iPod shuffle   Sex 9 Abr 2010 - 12:12

Análise TeK: Na companhia do iPod shuffle


Nem era preciso ser tão radical, mas nas últimas semanas o novo iPod
shuffle tornou-se uma companhia constante, pondo de lado o iPod nano e
outros leitores de música digital. Nos primeiros dias os leitores de
sempre ainda continuavam na carteira, não fosse o pequeno iPod falhar as
suas tarefas, mas com o passar do tempo e o crescimento da confiança,
acabou por ser relegado para a gaveta, a par de outros que já lá tinham
lugar permanente.


Até porque o conceito de não poder olhar para o ecrã para saber que
música está a tocar e o que quero ouvir a seguir nunca me encantou. É
que há momentos para tudo, e, entre as centenas de músicas guardadas, os
temas que se ouvem na praia não são os mesmos que se querem escutar
durante a leitura de um romance à sombra de árvores frondosas, ou quando
se faz exercício no ginásio.


Por isso confesso que mantive algumas resistências mentais em relação ao
shuffle, embora o mais recente leitor da linha iPod surpreenda pelo
reduzido tamanho, quase metade do já pequeno modelo shuffle, e a
portabilidade: prende-se como um clip em qualquer peça do vestuário e
pode alojar até 1000 músicas nos seus 4 GBytes de memória.




Mesmo sem nunca ter sido fã do conceito shuffle - onde as músicas
"surpreendem" o ouvinte sem que este tenha grandes possibilidades de
controle sobre qual vai ouvir a seguir - as novas funcionalidades
integradas no novo leitor desta linha suplantam as desvantagens
anteriores.


O "descontrole" mantém-se, mas é limitado pela possibilidade de definir
playlists e de saber que música está a tocar através do VoiceOver, que
sussurra ao ouvido o nome da música e o autor - em bom português ou em
inglês, como preferir - e pode ler toda a playlist.


A chave de controle reside agora no "interruptor" pendurado nos
auriculares, onde se pode aumentar ou reduzir o volume, e pedir para que
seja lido o nome da música, ou a lista toda. O segredo para tirar todo o
partido desta funcionalidade está no tempo usado para pressionar o tal
botão, accionando a leitura da música, ou a informação de bateria.




Se a adaptação ao shuffle foi rápida e simples, a definição de playlists
específicas foi mesmo a tarefa mais demorada, um "trabalho de casa"
adicional à ligação do iPod ao iTunes e transferência da lista de
músicas já guardadas para o novo leitor.


Depois de feita esta "adaptação" já nem a falta de informação sobre o
estado da bateria era uma preocupação. Apesar do tamanho, o leitor tem
endurance suficiente para me acompanhar por várias horas, bastando
ligá-lo de vez em quando ao computador através da porta USB. E, até
agora, ainda não lhe faltou energia em momentos mais críticos...


Somando todos os argumentos, o balanço final é simples: quando for de
férias os outros leitores de música ficam na gaveta e o iPod vai
contribuir para tornar a bagagem mais leve....





O iPod shuffle custa 75€ e está à venda nas cores cinza e preto.




Fonte: Tek
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Análise TeK: Na companhia do iPod shuffle
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» IP.Airlines - Administração de companhias aéreas online
» Flood 1.0
» Alguem me quer fazer companhia a acampar
» Análise: Sakura não está grávida no flashback
» [ANÁLISE] O Titã Colossal!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TuGaLânDia :: Informática :: Geral Hardware-
Ir para: